Rejuvenescimento do colo e pescoço

A região do pescoço e colo, juntamente com as mãos são as que mais denunciam os efeitos do tempo.

Por serem regiões muito expostas e de difícil tratamento, torna-se um motivo de tortura e de inibição para muitas pacientes que podem conservar uma boa aparência do rosto por exemplo e apresentar um pescoço ou colo de aspecto envelhecido, com pele flácida, áspera, com sulcos e vincos ou manchas avermelhadas.

A paciente começa a pensar duas vezes antes de cortar os cabelos um pouco mais curtos ou de usar um decote mais ousado.

Devido às condições climáticas como frio, luz solar e produtos químicos e pelo fato que são regiões onde não se tem o hábito precoce de cuidados preventivos, é muito comum observarmos o envelhecimento precoce nessas regiões.

Tratamento

O tratamento depende de qual é o maior acometimento no caso:

Flacidez de pele: Quando há pele em excesso pode-se optar pela ressecção do excesso na cirurgia tradicional de rejuvenescimento facial ou “face lifting”, mas em alguns casos está bem indicada a colocação de fios de sustentação, o conhecido “fio russo”, que promove uma tração na pele local quando não há grande excesso.

Flacidez de pele e músculo:Às vezes é necessária a plicatura do músculo platisma, ou seja, a aproximação e sutura do músculo do pescoço. Isso ocorre principalmente quando é visível duas “bandas” musculares ao longo do pescoço, na frente, que são bem mais evidentes quando a paciente faz o movimento de forçar os cantos dos lábios para fora e para baixo

Gordura Localizada: Para a remoção de gordura na região do pescoço faz-se a já bem divulgada “lipo de papada”, ou seja, lipoaspiração localizada da região que pode ser realizada sob anestesia local.

Manchas acastanhadas ou avermelhadas:Dependendo do tipo de acometimento, pode-se optar por peelings, laser ou dermabrasão.

Verrugas, pintas e lesões de pele:Remoção cirúrgica das lesões ou por cauterização.

Sulcos e rugas: Se forem bem superficiais, podem ser resolvidos com peelings. Mas se a profundidade for um pouco maior é necessário o preenchimento da região que pode ser temporário ou definitivo dependendo do caso e do comum acordo entre médico e paciente. No caso de se optar por Bioplastia, pode ser associado à correção ou melhor definição do contorno da mandíbula e queixo, que em muitos casos traz uma melhor harmonia estética da região.

Resumidamente, é importante o esclarecimento que existem procedimentos que permitam que você se sinta mais feliz e confiante no seu decote.